Jair Bolsonaro alegou quebra de confiança a Gustavo Bebianno


Bebianno deve deixar Secretaria-Geral da Presidência (Foto: Divulgação)
O fator decisivo para o presidente Jair Bolsonaro (PSL) optar por desalojar Gustavo Bebianno da Secretaria-Geral foi o vazamento de conversas travadas entre ele e seu outrora aliado, e não só as declarações atravessadas de parte a parte contabilizadas nos últimos dias, de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo. Segundo pessoas próximas, Bolsonaro viu no episódio grave quebra de confiança e da confidencialidade de diálogos que ocorreram na coxia do Palácio do Planalto. Um aliado de Bebianno reconhece que, agora, o caminho parece sem volta. Em sua peregrinação para obter apoio e se manter no cargo, Bebianno acabou abrindo algumas das conversas que travou com Bolsonaro desde o início da crise. Ele teria decidido compartilhar os diálogos para provar que não mentiu ao dizer que havia falado com o presidente. (Bahia Notícias)

Postar um comentário

0 Comentários