Homem preso planejava massacre em escola de Brasília

 


Um suspeito de planejar massacre em escola do Distrito Federal foi preso na manhã desta sexta-feira (21) por policiais civis da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos. A ação, realizada em deflagração da Operação Shield, foi realizada em conjunto com a Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos. 

Conforme a investigação conduzida pelo órgão, o planejamento da tragédia visava fazer dezenas de vítimas na capital federal. Até o momento, um homem foi detido e confessou, de fato, a pretensão de realizar os crimes. Além disso, policiais ainda cumprem mandados de busca e apreensão na cidade. 

Para participar da ação em conjunto, a Coordenação do Laboratório de Inteligência Cibernética do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a Divisão de Inteligência Policial (DIPO) e a Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC) também fizeram parte do caso. 

A investigação acontece após a tragédia em um ataque a uma creche na cidade Saudades, localizada no Oeste de Santa Catarina. No último dia 4 de maio, um jovem de 18 anos matou três crianças, todas com menos de dois anos, uma professora e uma agente educadora logo após invadir a instituição de ensino com uma espada.

Postar um comentário

0 Comentários